sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

A vida sempre assim...

Sair todos os dias e ver que tem sol mais uma vez, que sempre terá e com isso alimentar dentro de si um monstro que se tornará isso, a que chamamos irremediavelmente certeza, certeza que também crescerá e se tornará uma certeza absoluta, de que não iremos ou que só provavelmente iremos, dependendo da maneira de pensar, a Lugar Nenhum.



A. do Carvalho...

1 comentários:

Márcia Poesia de Sá disse...

Eu adoro pensar contigo...te ler é divino Adriano. Obrigada pelas viagens. Beijo de fã inconteste.

Postar um comentário

Linhas...